Somos disruptivas!



Oi, meu nome é Liliam Reis, sou proprietária da Imagem Disruptiva.

Fiquei pensando em como seria o jeito certo para a estreia do blog, uma vez que nunca fiz isso antes e não sei qual o estilo blogável e assertivo para começar.

Depois de MUITO tempo uma voz ecoou... “Somos disruptivas, não temos jeito certo, lembra?”

Não lembrava, mas agora recordei que toda vez que tentamos seguir um roteiro do que o outro disse que é correto ou melhor, vivemos o que foi programado para o outro e podemos nos perder no caminho e esquecer de ser nós mesmas...

E lembrando de ser eu, resolvi usar esse espaço para te contar o que é a Imagem Disruptiva.

Bom, a Imagem Disruptiva é uma empresa de consultoria de imagem, ela nasce de um não lugar, nasce da minha birra com rótulos, da dificuldade e falta de vontade em se enquadrar no que é posto como correto, ideal e principalmente belo.

Acreditamos que beleza é uma construção social, cultural e histórica e por tanto é absurda a ideia de que alguém possa intitular o que é beleza para todas.

Com vontade de atender mulheres reais e promover diversidade estética nos processos, adaptamos todas as metodologias; Por influência dos movimentos Corpo livre ( #corpolivre ) e Body Positive

( #BodyPositive ), não metrificamos corpos nem os qualificamos em formas geométricas simples, acreditamos que tudo que venha coisificar nossos corpos não gera acolhimento.

Engajada com uma luta antirracista auxiliamos mulheres negras a se olharem e se reconstruírem fora de uma lógica higienista, que visa esconder e descaracterizar traços negroides.

E sobretudo, entendendo a limitações de tempo e dinheiro que a indústria da beleza gera sobre todas as mulheres percebemos o quão urgente é a pauta que valoriza nossas potencialidades e nos permite sermos livres para sermos quem quisermos, sem rótulos e julgamentos.

Em suma; Usamos o vestir como uma ferramenta de linguagem que gera acolhimento quando traduzida em estilo pessoal; Disruptivo vem de quebrar padrões, e é exatamente a isso que a Imagem Disruptiva se propõe.



Um beijo e até breve!

 

31 visualizações0 comentário